Renovei todo meu banheiro por apenas 10 x de R$ 90!

Graças a um projeto que faz reformas baratas para pessoas de baixa renda, meu toalete, que antes estava com mofo, infiltração e muito danificado, ficou novinho em folha!

Gabriela Bernardes

Agora tenho orgulho do meu lavabo! | <i>Crédito: Arquivo pessoal / Programa Vivenda
Agora tenho orgulho do meu lavabo! | Crédito: Arquivo pessoal / Programa Vivenda
Imagina só a situação: eu, meu marido, nosso filho e nosso neto vivendo com apenas um salário mínimo e meio por mês. Temos que apertar o cinto de todos os lados e, mesmo assim, o dinheirinho mal dá para pagar as contas... Por isso, nunca conseguia reformar o banheiro lá de casa, que estava em condições precárias havia anos: pintura gasta, azulejos detonados, pisos soltando do chão, teto caindo... Também tinha mofo e uma infiltração que enchia o cômodo de água... Um horror! A condição era tão ruim que eu sentia vergonha de levar gente lá pra casa. Pra piorar a situação, esse era nosso único banheiro. Nossa família morria de medo de o teto desabar na nossa cabeça...

Fui muito bem atendida! 
Para tentar dar um jeito naquele pesadelo, no ano passado cheguei a pedir um orçamento a um pedreiro para fazer a restauração completa do lavabo. Mas quando ele falou que ficaria mais de R$ 5 mil, desisti. Eu precisaria de muitos anos pra juntar todo esse dinheiro...
Até que, meses depois, por acaso, descobri por uma vizinha que um projeto social tinha reformado o banheiro dela por um preço bem abaixo da média. Me interessei na hora! Então, em julho do ano passado, fui visitar o projeto, que faz reformas para famílias de baixa renda de forma rápida e por um preço acessível. Fui atendida como uma rainha, com muito carinho e respeito.

Escolhi tudo do meu jeito
Expliquei meu problema e eles me contaram como trabalhavam. Queria que a mudança ficasse pronta para o Natal, pois era quando eu reunia a família lá em casa. Infelizmente não deu, pois tinha mais pessoas na frente. Mas a moça me disse que eles iriam avaliar meu banheiro alguns meses antes da reforma. Saí de lá com um sorriso no rosto e animada para realizar um sonho antigo: a restauração do meu toalete. 
Quatro meses depois, a equipe apareceu para avaliar as condições do cômodo. Me disseram que precisariam mudar tudo. Eu já esperava por isso. Me passaram um orçamento de dez parcelas de R$ 90, incluindo o material da obra. Quase pulei de alegria! Eu poderia pagar tranquilamente sem me endividar.
Escolhi os materiais do meu jeitinho. Queria azulejos brancos com detalhes em preto, imitando o calçadão de Ipanema – optei por essas cores para dar um aspecto limpo e levar mais claridade para meu cômodo. 

A reforma levou só 8 dias
Aí, em janeiro deste ano, os trabalhadores do programa deram início à reforma. Mas o que mais me surpreendeu foi a agilidade: os pedreiros levaram apenas oito dias para concluir a obra! Durante esse período, a gente usava o lavabo da casa do meu outro neto.
Quando, finalmente, pude ver meu tão sonhado banheiro prontinho, juro que me emocionei. Eles transformaram tudo: pintaram, colocaram piso no chão e na parede, torneira, chuveiro, resolveram o problema da infiltração, do mofo... Ficou maravilhoso! 
Gostei tanto do trabalho do Programa Vivenda que agendei para este ano a restauração do quarto do meu filho, que também está bem ruim: com a pintura e azulejos gastos e muito bolor. Estou animadíssima!

Ficou lindo e higiênico
Aquele toalete com mofo e infiltração deu lugar a um lavabo lindo, moderno e higiênico. Agora não tenho mais vergonha de receber as pessoas. Muito pelo contrário: só sinto orgulho do meu banheiro novinho. Inclusive, quando recebo visitas, faço questão de mostrar cada detalhe da transformação!  

Tereza da Silva Anastácio, 70 anos, aposentada, São Paulo SP 



DA REDAÇÃO
Em dois anos, programa já realizou 220 reformas 

O Programa Vivenda opera há dois anos, fazendo reformas habitacionais de forma rápida e não burocrática, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida das classes menos favorecidas. “Constatamos que eram raras as organizações especializadas em obras que atendessem o público de baixa renda com preços acessíveis”, explica Fernando Amiky Assad, sócio do projeto. As transformações priorizam os serviços de impermeabilização, ventilação e revestimento. Cada kit, que envolve a transformação completa de um cômodo, leva em média seis dias para ficar pronto e o valor pode ser parcelado em até 15 vezes. “Recebemos ajuda de alguns institutos, lojas e empresários”, diz Fernando. Segundo ele, “a pessoa interessada nos procura, fazemos uma visita técnica para debater e elaborar o projeto e orçamento. Uma vez contratados, cuidamos de toda a execução, da mão de obra à compra dos materiais”. O projeto já atendeu 220 casas no bairro do Jardim Ibirapuera (SP) e entorno. “Queremos validar o modelo para depois expandir. O objetivo é ter uma loja do programa em cada favela do país”, conclui.

www.programavivenda.com.br 

24/05/2016 - 16:21

Conecte-se

Revista Sou mais Eu