Traumas podem transformar animais dóceis em bichos agressivos

De acordo com o especialista em comportamento animal Cleber Santos, da Comport Pet, é comum que traumas afetem a personalidade dos pets e mudem seu comportamento

Sou Mais Eu Digital

Traumas podem transformar animais dóceis em bichos agressivos | <i>Crédito: Shutterstock
Traumas podem transformar animais dóceis em bichos agressivos | Crédito: Shutterstock

Quando animais sofrem algum tipo de trauma é possível que deixem de ser bichos dóceis e passem a ser estressados e agressivos. Especialista em comportamento animal Cleber Santos, da Comport Pet, explica que, quando situações assim acontecem, os cães tendem a repetir a reação agressiva, como se estivessem prontos para proteger o dono a qualquer momento, mesmo quando não há perigo nenhum.“Eles associam cenário, pessoas, objetos e até o cheiro de um momento de estresse ao trauma. Em casos mais graves, o animal pode até deixar de comer e interagir com outras pessoas da família”, explica. Casos assim podem ser difíceis de reverter, por isso é importante consultar um veterinário ou um especialista no comportamento dos bichos assim que alguém da casa notar a mudança.

+ Cão Herói: “Meu cachorro me salvou de dois ladrões”

Além disso, é essencial corrigir o pet com uma bronca e tom de voz firme sempre que o animal rosnar ou demonstrar outra reação agressiva. “Se isso acontecer, o dono deve prestar atenção para não fazer carinho no bicho de estimação, o que pode fazer com que ele associe a resposta raivosa com algo positivo.”

09/04/2015 - 09:00

Conecte-se

Revista Sou mais Eu