Meu cachorro me acordou de um coma

O amor entre dono e filhote pode ultrapassar até a medicina

Reportagem: Luiza Schiff

O melhor amigo do homem! | <i>Crédito: Redação Sou mais Eu
O melhor amigo do homem! | Crédito: Redação Sou mais Eu
A audição dos cães reconhece frequências que o ouvido humano não alcança. A visão e o olfato, também. E o coração? Será que possui níveis de amor e fidelidade que a humanidade ainda desconhece?
 
Muitas histórias de cães dão essa pista. Provam que, o que sabemos e conhecemos sobre esses animais ainda é pouco perto da capacidade que eles realmente tem de amar e cuidar de seus donos. Um exemplo disso é a história de um cãozinho mestiço de Schnauzer e Poodle, adotado pelo britânico Andy Szasz depois de ter sofrido maus tratos. O carinho do dono, que quatro meses depois da adoção foi diagnosticado com um câncer de intestino, criou um vínculo com o pet desses impossíveis de definir. Andy contraiu uma pneumonia e precisou ser submetido a um tratamento de coma induzido por medicamentos. A esposa do britânico levou o bichano numa visita ao hospital, três dias antes da data prevista para a saída do coma. Mas, um latido, provavelmente com um recado subliminar que nossos sentidos humanos não alcançam acordou o dono do cãozinho. Melhor classificar como mistério...É o amor! 
 

01/07/2017 - 20:34

Conecte-se

Revista Sou mais Eu