Inspiração: "Lucro R$ 2.100 com meu hambúrguer de cookies!"

Nathalia Scigliano inventou essa novidade pra destacar-se no mercado e hoje vende 200 unidades por mês

Texto: Gabriela Bernardes

O Flavio, meu sócio e namorado, me ajuda na cozinha | <i>Crédito: Arquivo pessoal
O Flavio, meu sócio e namorado, me ajuda na cozinha | Crédito: Arquivo pessoal
Muitos jovens ficam em dúvida na hora de escolher que curso fazer na faculdade. Afinal, somos tão novos pra tomar uma decisão tão importante, né? Mas comigo foi diferente. Como aprendi a cozinhar na infância e cresci envolvida no mundo da culinária, sempre soube que ia me formar em gastronomia! E o tempo mostrou que foi uma escolha acertada: depois que concluí a graduação, cheguei a trabalhar por três anos em restaurantes. Mas meu objetivo era ter meu próprio negócio na área. Aí, em abril de 2014, decidi criar uma loja virtual de produtos à base de chocolate, com meu namorado, o Flavio. No começo, nossas vendas até que iam bem, mas nossa marca só decolou pra valer quando criei um doce totalmente original que conquistou os clientes!

No primeiro evento, vendi mais de 500 docinhos!
Poucos meses depois de criar  a página do nosso negócio no Face, meus bolos e docinhos já tinham uma boa saída. Com a grana das vendas, comprei uma bicicleta para vender minhas delícias em eventos. Mas eu ainda não estava satisfeita. Queria produzir algo criativo e que ninguém conhecesse!

Então, em outubro de 2015, surgiu uma oportunidade: ia rolar uma feira de hambúrguer em São Paulo. Eu queria muito participar, mas era preciso apresentar algo inusitado. Pensei: “E se eu criar um doce com cara de hambúrguer?” Aí, lembrei de uma receita de cookies deliciosa que aprendi nos EUA. Como eles parecem pequenos hambúrgueres, tive a ideia de adaptar a fórmula: pegar dois cookies, rechear e fazer uma cobertura deliciosa.

Mas antes era preciso testar para ver se ficavam gostosos e realmente parecidos com um hamburginho. Gastei cerca de R$ 200 para comprar os ingredientes: chocolate, bombons, farinha, açúcar, fermento, morango... Fiz a receita com três sabores: Nutella® com morango e amora, caramelo com flor-de-pau, M&M’s e ganache e o terceiro de brigadeiro com Kinder Bueno® e Kinder Chocolate®. Ficaram deliciosos e imitavam hambúrgueres muito bem! O próximo passo era levá-los para o evento. 

Chegando lá, fiquei impressionada com a boa receptividade da minha criação: as pessoas compravam pela curiosidade e ficavam seduzidas pelo sabor. Em 30 horas de evento, vendi mais de 500 unidades! 

Meu novo docinho deu tão certo que o incluí no cardápio da nossa marca. Fora os três sabores que ofereço, o cliente também pode escolher outros ingredientes. Cada hambúrguer de cookies custa R$ 12 (200 g) – gasto R$ 6 para fazer. 

No primeiro mês, faturei R$ 1 mil. No segundo, já foram R$ 2 mil. Chego a vender mais de 200 unidades por mês. A demanda aumentou tanto que a cozinha da minha casa ficou inviável. Tive de alugar uma casinha para agilizar a produção dos doces. Além da ajuda do meu namorado no preparo, minha mãe, a dona Katia, auxilia na parte administrativa. Atualmente, vivemos só com a renda da nossa marca!

Também atendemos com nossa ‘food bike’ 
As encomendas podem ser feitas pela nossa página no Facebook, por telefone e e-mail. Por sermos em três, nós mesmos fazemos as entregas, mas os clientes também podem retirar. Além disso, atendemos diversos eventos com a “food bike”: casamentos, aniversários, parques, igrejas, empresas...  Estou muito orgulhosa da minha invenção e quero que meus hamburguinhos de cookies se transformem numa  mania nacional! - NATHALIA SCIGLIANO, 24 anos, chef de cozinha, São Paulo, SP 
 

19/05/2016 - 11:49

Conecte-se

Revista Sou mais Eu