Aprenda você também: "Lucro R$ 3 mil com meus biscoitos decorados"

Paula aprendeu a personalizá-los num curso de um dia e esse negócio virou sua profissão. Está mais realizada do que nunca!

Reportagem: Daniel Lopes

PAULA PERSICI MACHADO REY | <i>Crédito: ROGÉRIO PALLATTA
PAULA PERSICI MACHADO REY | Crédito: ROGÉRIO PALLATTA
Eu achava que, com quase 40 anos de idade, minha vida não ia mais mudar. Já estava formada há um bom tempo na faculdade que sempre quis, tinha feito pós-graduação, conseguido bons empregos a vida toda e agora assumia um cargo importante de gerência numa empresa que me pagava um ótimo salário. Qualquer pessoa diria que eu tinha uma vida perfeita, mas não era exatamente o que eu sentia... 

Minha rotina era acordar às 6 h da manhã e só voltar pra casa às 20 h. Isso quando eu não viajava a trabalho. Às vezes, chegava a ficar fora por uma semana inteira. Isso me afastou do que tenho de mais importante na vida: minha família. Queria ficar mais próxima dos meus dois filhos, e era por isso que eu precisava mudar. 

Comecei o negócio e tive de largar após um mês... 

Em outubro de 2013, me inscrevi num curso de um dia inteiro para aprender a fazer decoração de biscoitos. É que sempre adorei trabalhos manuais. Era eu que cuidava das festinhas de aniversário dos meus filhos fazendo toda a decoração, os docinhos e cupcakes. Quando descobri o curso, fiquei encantada com os biscoitinhos: eram lindos e superdelicados! Nas aulas, aprendi tanto a fazer e decorar um biscoito como a melhor maneira de vendê-los. Depois, corri para o computador para assistir tutoriais de decoração de biscoitos no YouTube. Decidi que ia trabalhar com aquilo! 

Minha ideia era dar conta das encomendas que chegassem nos períodos em que eu não estivesse trabalhando na empresa. Registrei a marca “Bibi & Tato Gostosuras Artesanais” em homenagem aos meus filhos e já fiz perfis no Facebook e no Instagram para postar minhas produções, além de criar uma loja on-line no portal de artesanato Elo7. Comecei fazendo biscoitos com decorações mais simples, redondos ou em formato de coração. 

Como eu trabalhava fora e passava a maior parte do dia longe de casa, não tinha tempo para receber tantos pedidos. Por isso, minhas vendas começaram tímidas. Postei algumas imagens dos meus biscoitos decorados para atrair a clientela e passei a receber um ou dois pedidos por semana. A demanda começou a aumentar após um mês, no começo do ano passado, graças ao boca a boca. Então, percebi que não conseguiria dar conta do negócio e deixei as bolachas de lado... 


Perdi o emprego e ganhei outro muito melhor! 

Em julho do ano passado, a empresa em que eu trabalhava sofreu uma reestruturação e acabei sendo demitida após dois anos e meio no cargo. Mas não me desesperei. Na verdade, me senti aliviada. Era o empurrão que eu precisava para finalmente estar ao lado dos meus filhos, trabalhando em casa com o que gosto de verdade. Meu marido argumentou: “Você tem certeza? Logo você que é tão qualificada, tem um currículo invejável, experiência...”. Mas fui irredutível. Queria um trabalho que me realizasse. Eu tinha esperado tanto tempo para estar mais presente na vida da minha família e não ia perder essa oportunidade. Saí de um emprego num dia e ganhei outro no seguinte! 

A partir de julho de 2014, meu negócio decolou, pois estava totalmente focada. A divulgação nas redes sociais me trouxe diversos clientes: tive que fazer uma lista de espera para organizar tantas pessoas que me encontravam pelo Face, WhatsApp ou no Elo7! Hoje, recebo pelo menos cinco pedidos por semana! 

Sempre peço que as encomendas sejam feitas com pelo menos um mês de antecedência para que eu consiga preparar tudo com calma. Afinal, trabalho totalmente sozinha. Acordo às 6 h todos os dias, levo as crianças pra escola e fico até o início da madrugada trabalhando com os biscoitos. Quando eles voltam pra casa, não precisam mais me esperar chegar do serviço: estão sempre ao meu lado, até na cozinha. Isso é maravilhoso! Na segunda-feira, preparo as massas e armazeno para ir decorando ao longo da semana. Na sexta, deixo marcadas todas as entregas, que são feitas por um motoboy. 


Consigo vender cada biscoito por até R$ 15! 

Esses biscoitos rendem muito: para uma receita de 40 unidades de tamanho médio (entre 8 cm e 10 cm), gasto só R$ 20 e posso vender cada um por R$ 10! As versões maiores podem custar até R$ 15 cada. É um lucro e tanto, que pode chegar a R$ 3 mil no fim do mês! É menos do que eu ganhava como gerente, mas estou muito mais feliz agora. 

Os valores que cobro são mais altos por causa da mão de obra: a aplicação do glacê em cada unidade é bastante delicada e toma muito tempo. Chego a levar um dia inteiro para decorar 40 biscoitos! 

Costumo receber encomendas para chás de bebê, chás de lingerie, aniversários infantis e até casamentos. O cliente pode escolher que tipo de figura quer no biscoito, as cores e até o sabor. O mais comum é o de baunilha, mas também ofereço a versão de chocolate belga e a de gingerbread, que leva especiarias como cravo e até pimenta na massa! 

Na hora de decorar, os temas do filme Frozen e do desenho Peppa Pig estão sempre bombando entre as crianças. Mas já fiz de tudo: chinelinhos, corações e até biscoitos no palito, que são um sucesso nos aniversários! A clientela nem acredita que, além de bonitos, eles também são gostosos! Diferente da pasta americana, o glacê real que uso é muito saboroso e suave. É só elogio! 

Já tem um ano e meio que estou trabalhando unicamente me arrependo nem um pouco da minha escolha. Tenho muito mais tempo para estar com meus filhos do que no passado e não vivo o estresse da rotina corrida e desgastante do meu antigo emprego. 

Acredito que qualquer um pode seguir meus passos. Com R$ 500, já dá pra comprar mais que o suficiente em ingredientes para a massa e o glacê, além de ao menos cem cortadores diferentes para moldar os biscoitos e o bico para confeitar. É tudo bem fácil, até porque a matéria-prima é simples: farinha, manteiga e açúcar. Nem precisei comprar outro fogão! 

Meu próximo passo é começar a dar cursos para quem quer aprender a fazer e vender com a venda dos biscoitos. Não biscoitos como os meus! - PAULA PERSICI MACHADO REY, 40 anos, designer de cookies, São Paulo, SP



Minha receita de biscoitos perfeitos!

Ingredientes

Massa
✓ 200 g de manteiga sem sal
✓ 1 ovo
✓ 1 xícara (chá) de açúcar
✓ 3 xícaras (chá) de farinha de trigo
✓ 1 pitada de sal
✓ 2 colheres (chá) de essência de baunilha ou do sabor de sua preferência

Glacê
✓ 500 g de açúcar de confeiteiro
✓ 6 colheres (sopa) de água
✓ 3 colheres (sopa) de mistura para merengue
✓ 2 colheres (chá) da mesma essência da massa 

Materiais
✓ Bisnaga de confeitar
✓ 1 palito de dente ou churrasco
✓ Cortadores no formato desejado
✓ Corante líquido
✓ Rolo de abrir massa

Modo de preparo

Massa
Preaqueça o forno a 180ºC. Bata a manteiga em velocidade média e incorpore o açúcar. Acrescente o ovo e a essência. Coloque a farinha aos poucos e bata até desprender da batedeira. Envolva a massa em plástico filme e deixe na geladeira por 20 minutos. 

Glacê
Aqueça a água no micro-ondas por 30 segundos. Junte a mistura de merengue e bata até espumar. Reserve. Peneire o açúcar na tigela da batedeira e acrescente a mistura, batendo devagar até incorporar. Bata na velocidade máxima por 5 minutos. Junte a essência e bata por mais 2 minutos. Adicione o corante quando o glacê estiver pronto. 

Rendimento: 20 unidades.

Passo a passo

26/10/2015 - 09:45

Conecte-se

Revista Sou mais Eu