"Aprendi a me maquiar sem exagero e fiquei mais gata"

Regiane descobriu que pesar no make a deixava mais para palhaça do que para princesa!

Sou Mais Eu Digital

Regiane Françoyse de Lima | <i>Crédito: Arquivo Pessoal
Regiane Françoyse de Lima | Crédito: Arquivo Pessoal
Eu trabalhava em uma loja de bijuterias e estar bem maquiada era um pré-requisito para todas as funcionárias. Acontece que eu levava o negócio muito a sério. A recomendação era pra passar só rímel e lápis, mas eu já lançava logo batom, sombra, iluminador, base, pó, corretivo, blush e tudo mais que você imaginar! 

Como eu atendia os clientes no horário comercial, o sol batia na minha pele carregada e fazia o brilho todo ficar ainda mais evidente. Parecia que eu estava a caminho da balada e ainda era meio-dia. Não existia a menor chance de eu sair de casa sem corretivo, base, pó e muito blush. Também sempre usei bastante sombra colorida nos olhos: azul, verde, rosa, dourada, preta com dourada e outras misturas que nem combinavam. Por cima disso, ainda mandava ver uma camada bem grossa de delineador e rímel. Para evidenciar minha boca, investia em batons fortes, do vermelho ao roxo.

Às vezes, as pessoas elogiavam meus lábios com um “Que bocão!”. Outras exaltavam meus olhos bem marcados. Mas nunca recebia elogios pelo todo. Ficaria arrasada se me dissessem que eu estava feia. Hoje olho as fotos de dois anos atrás e penso: como é que eu tinha coragem de sair assim? Precisei levar um choque de realidade pra me tocar. 

Eu estava noiva e descobri que tinha sido traída, em 2013. Aquilo acabou comigo. Terminei com o traste e decidi fazer uma mudança geral no visual, começando pelo cabelo e roupas. Como ninguém havia me dado um toque sincero sobre a quantidade de maquiagem que eu usava, mudar isso não estava nos planos. Até que meu irmão jogou a real: falou que eu era uma mulher bonita e não precisava de tanta pintura pra mostrar isso. “Você parece mais uma boneca inflável do que uma mulher de verdade”, ele disse. Na hora doeu, mas hoje dou risada. Era a mais pura realidade! 

Agora sei que realçar os traços com um make mais discreto deixa a mulher mais atraente e menos artificial. Essa consciência fez meu ritual diário mudar. Ainda uso um corretivo se estiver com olheiras e uma base líquida. Antes de sair, finalizo com um pó e rímel. Nos lábios, só dou uma cor de leve com o batom, não carrego como antes. Se decido caprichar um dia, invisto em sombras nude ou marrons, com tons puxados para o terra. Deixei iluminador e delineador pra dar destaque em eventos noturnos. 

Hoje gasto bem menos com make e até minha pele melhorou! 

Desde então, só recebo elogios. Sei que com menos maquiagem acabo chamando mais a atenção. Além de me sentir mais bonita, percebi que minha pele também melhorou. Isso sem falar na economia: antes, chegava a gastar R$ 200 por mês em make para poder deixar um kit em cada lugar e nunca ficar de cara limpa. Hoje só compro itens novos quando um acaba. Tudo melhorou na minha vida quando aprendi a me maquiar com elegância! - REGIANE FRANÇOYSE DE LIMA, 24 anos, universitária, São Paulo, SP

Não erre a mão para não pagar de palhaça!

Exagerar na maquiagem pode comprometer todo o seu look. Para o make-up artist Wesley Pachu, fazer uma selfie depois de se maquiar ajuda a evidenciar os excessos: “A fotografia faz uma imagem melhor da realidade. Ela acusa se você passar muito blush ou corretivo”. Escolher as cores certas costuma ser a tarefa mais difícil, alerta o especialista. Segundo ele, o ideal é deixar os tons escuros para a noite e apostar no nude para o dia. Veja as dicas do maquiador das famosas para produzir um look bonito e natural!

■ Pele
É importante manter a pele sempre bem hidratada. Depois de passar o hidratante, aplique o primer, o corretivo e a base. Um pó bronzeador dá um efeito bem legal, mas não é obrigatório para o dia, apenas para eventos noturnos. Um blush de leve é recomendável, bem rente ao cabelo e com dois dedos de distância do nariz. Esse é o limite pra você não ficar com a cara “chinelada”. 

■ Olhos
Passe camadas leves de sombra com tons marrons, sem brilho! Se quiser ousar, aplicar um iluminador abaixo da sobrancelha é o máximo para o dia. Nos cílios, abuse do rímel, mas deixe o delineador para as noitadas. 

■ Lábios
Durante o dia, nada de batom vermelho ou de cores derivadas, que tiram toda a atenção do conjunto do rosto. Prefira um nude rosado, puxado para o bege, e um gloss transparente – é ele que dá o aspecto de make saudável, bem diva das passarelas!


15/06/2015 - 09:00

Conecte-se

Revista Sou mais Eu