Me apaixonei pelo meu filho e enfrentei a justiça para ficar com ele

Ele é o amor da minha vida

Reportagem: Gregory Prudenciano

Me apaixonei meu pelo filho e decidi lutar pelo nosso amor | <i>Crédito: Redação Sou Mais Eu
Me apaixonei meu pelo filho e decidi lutar pelo nosso amor | Crédito: Redação Sou Mais Eu
Monica Mares tem 37 anos. Caleb Peterson tem 20 anos. Os dois se conheceram quando Caleb tinha 18 anos e acabaram se apaixonando. Só mais um caso de amor entre pessoas de idades razoavelmente diferentes, certo? Seria, se não fosse por um detalhe importante: Monica é mãe de Caleb. 

O casal do Novo México, nos Estados Unidos, se conheceu pelo Facebook 18 anos depois de Monica entregar Caleb para adoção. Na época, ela tinha 16 anos. Depois de se encontrarem como mãe e filho e de começarem a se ver com frequência, Caleb e Monica confessaram a paixão um pelo outro e começaram um namoro secreto. A discrição, no entanto, não foi suficiente para que o casal passasse despercebido por um dos vizinhos de Monica, que denunciou os dois à polícia. 

A acusação de incesto, quando há relacionamento amoroso e sexual entre parentes próximos, fez com que Monica fosse impedida de ver qualquer um de seus outros nove filhos. Ainda assim, o casal estava decidido a lutar por este amor. Em entrevista ao jornal inglês Daily Mail, Monica afirmou: “Ele [Caleb] é o amor da minha vida e eu não quero perdê-lo. Meus filhos o amam, minha família toda também. Nada poderá nos separar, seja júri ou prisão”. Ela ainda disse que correria o risco de perder a guarda de todos os filhos para poder ficar com Caleb.

Condenados a 18 meses de prisão, ambos acabaram submetidos a penas mais suaves por não terem antecedentes criminais. A justiça americana estabeleceu que os dois vão ter acompanhamento psicológico e exigiu que eles fiquem longe um do outro por três anos.

Fique por dentro das histórias mais impressionantes do dia. Curta nossa página clicando aqui! 

08/04/2017 - 07:00

Conecte-se

Revista Sou mais Eu