"Sequei 65 kg com a musse Dukan!"

Tudo começou com uma aposta para eliminar 40 kg. Roberta se superou: despachou 42 kg em seis meses e não parou mais!

Reportagem: Caroline Cabral

ROBERTA PENHA DA ROSA | <i>Crédito: Arquivo Pessoal
ROBERTA PENHA DA ROSA | Crédito: Arquivo Pessoal
Fiz sinal para o ônibus e o frio na espinha tomou conta do meu corpo. Passar pela catraca sempre foi um problema, mas, dessa vez, fiquei morrendo de medo de ficar entalada. Afinal, eu estava pesando nada menos que 150 kg. Não deu outra: bastou eu me encaixar no vão de passagem para não conseguir sair. Meu rosto queimava de vergonha. Podia sentir os olhares dos passageiros na minha direção. Com toda sua força, o cobrador me empurrou enquanto eu tentava encolher a barriga. Mais um empurrão e finalmente passei. Sentei em um banco no canto, sem coragem de encarar os outros. Decidi nunca mais usar transporte público. 

E esse não era o único transtorno que a obesidade me causava. Amarrar os sapatos, uma tarefa tão banal, virou um exercício cansativo pra mim. Comprar roupas, então, só quando era absolutamente necessário. Achar uma peça 6XL (isso mesmo!) bonita é como ganhar na loteria da moda plus size. E gorda não escolhe estampa ou corte: tem que se sentir aliviada por achar um pedaço de pano pra vestir. Com a autoestima no pé, engordava mais a cada ano, até porque não tinha disciplina nem disposição pra fazer uma dieta. Só decidi emagrecer pra valer por causa de uma aposta... 

Ignorava os comentários sobre o meu tamanho 

A magreza não está nos meus genes. Sempre estive acima do peso. Usava manequim 60 com 23 anos, quando engravidei dos gêmeos! Ganhei 18 kg na gestação. Na correria de trabalhar, ser mãe e esposa, engordei ainda mais. Busquei uma redução de estômago e fui barrada pelo médico. Meu rim tinha muita gordura e eu podia não sobreviver ao procedimento. De novo, desisti de emagrecer. 

A obesidade atrapalhava minha saúde, minha vida social e até o casamento. Já não tinha coragem de me despir na frente do meu marido nem fôlego para brincar com os meninos. Quando as dores no joelho começaram a limitar meus movimentos, o André sugeriu que eu fizesse dieta. Fingi que não era comigo e continuei a comer pizza, hambúrguer e frituras e a tomar muito refri. 

Minha mãe foi outra que sempre pegou no meu pé. Precisei de uma aposta com ela para encarar a dieta de vez. “Se você perder 40 kg até agosto, banco o look completo pra você arrasar na formatura da sua irmã”, ela propôs, no final de janeiro de 2014. Fiquei entusiasmada com a possibilidade de entrar numa roupa bacana e me sentir bonita. Queria provar pra mim mesma que era capaz. Aceitei o desafio! 

Foi duro, mas perdi 5 kg logo na primeira semana! 

Pesquisando sobre dietas na internet, encontrei a Dukan e descobri que ela não restringe quantidade, só alguns alimentos. Comprei o livro e comecei a reeducação alimentar em fevereiro. A primeira semana foi a mais difícil. Para dar um choque no corpo, só é permitido ingerir proteínas. Pensava em desistir todos os dias enquanto cozinhava arroz, feijão e macarrão para os meninos – tudo que eu não podia comer. Sentia tontura, dor de cabeça e enjoo. Mas, com o incentivo do André, que também entrou na dieta, segui firme. Quando subi na balança, uma semana depois, nem acreditei: o ponteiro estava marcando 5 kg a menos! 

A partir da segunda semana tudo mudou: passei a ingerir verduras, saladas e iogurtes. Bem regrada, comia a cada três horas e caminhava 30 minutos diariamente. Com disciplina, em seis meses eliminei 42 kg! Vitoriosa, fui ganhar o look da minha mãe. Provei um vestido tamanho G, me olhei no espelho e vi uma mulher poderosa, de preto e dourado. Me senti linda e gostosa na festa da minha irmã! 

Como o cardápio é restritivo, a gente tem que rebolar para não enjoar. Então, fucei vários blogs de dieta e encontrei receitas saborosas. Minha descoberta preferida foi a musse de maracujá Dukan. Foi perfeito pra mim, pois adoro doces! É uma delícia leve, prática e gostosa e me salvava nos momentos de abstinência de chocolate e refrigerante. Nos seis meses seguintes, eliminei mais 23 kg. 

No total, foram 65 kg despachados em um ano, sem remédio nem cirurgia! Perdi todas as roupas gigantes que eu tinha. Só guardei algumas para não esquecer quem fui. Voltei a me arrumar e me sinto desejada. Minha mãe e meu marido ficaram muito orgulhosos de mim. 

Não foi uma trajetória fácil, e ainda quero perder 7 kg. Mas hoje sei que pra ser quem eu desejo só preciso do meu esforço. Você pode acompanhar a história da minha dieta pelo Instagram. - ROBERTA PENHA DA ROSA, 33 anos, assessora de cobranças, São José, SC

O cardápio da Roberta

Café da manhã
• 2 fatias de pão Dukan com recheio de requeijão zero
• 2 fatias de mussarela light
• 2 fatias de presunto magro
• 1 xícara de café com leite desnatado
• 500 ml de água 

Dica da nutricionista: Acrescente uma porção de frutas. Pode ser melão, mamão ou uma de sua preferência. 

Lanche da manhã
• 1 iogurte desnatado 0% gordura sabor morango (170 ml)
• 500 ml de água 

Almoço
• Salada de folhas, tomate, pepino e repolho à vontade
• 1 filé de frango grelhado
• 1 pote de gelatina zero
• 500 ml de água 

Dica da nutricionista: Arroz integral e feijão precisam estar presentes pelo menos em uma refeição. Bata uma fruta junto com a gelatina. 

Lanche da tarde
• 1 fatia de bolo de chocolate Dukan
• 500 ml de água 

Dica da nutricionista: Incorpore uma fruta ao lanche. 

Jantar
O mesmo do almoço
• 1 filé de peixe ou carne bovina
• 500 ml de água 

Dica da nutricionista: Recomendo privilegiar sempre as carnes de aves e os pescados, procurando consumir a carne vermelha apenas uma vez na semana. Na sobremesa, opte por uma fruta para deixar a refeição mais nutritiva. 

Ceia
• 1 xícara de mingau de farelo de aveia
• 500 ml de água

Musse Dukan x musse tradicional

A musse Dukan é menos calórica do que a versão original. “Isso não significa que é mais saudável. Substitua o suco light pelo suco natural da fruta”, diz a nutri Juliana Baldasso.


Musse de maracujá Dukan
• 1 xícara de água gelada
• 1 xícara de leite desnatado em pó (240 g)
• 1 pacote de suco light sabor maracujá

Compare as calorias
• 1 taça de musse de maracujá tradicional (50 g) tem 99 kcal
• 1 taça de musse de maracujá Dukan (50 g) tem 41 kcal





07/01/2016 - 11:00

Conecte-se

Revista Sou mais Eu